Princípios de Marketing de Conteúdo para SEO

Princípios de Marketing de Conteúdo para SEO

4 Comentários »

Está cada vez mais evidente que fazer SEO está associado a pensar em Marketing de Conteúdo. De forma resumida, a ideia é pensar estrategicamente na produção de conteúdo para que o seu site fique atrativo para o Google e para os usuários. Mas o que está em jogo é mais do que isso: o seu site precisa trazer um conteúdo relevante e, principalmente, um acompanhamento permanente das necessidades do seu público.

Ou seja: os seus concorrentes também estarão pensando em SEO, por isso que o seu diferencial pode estar na construção do relacionamento. Pense em um conteúdo que traga engajamento, tenha continuidade e ajude na captação de clientes pela relevância. Com uma relação de confiança sólida, é mais fácil gerar mais tráfego e, consequentemente, mais conversões.

E como fazer isso? Vem com a gente! :)

O que oferecer para engajar o cliente?

Traga ao seu cliente soluções para as suas dúvidas e questões. Além disso, saiba coletar as opiniões positivas da audiência e as críticas, conseguindo implantar aperfeiçoamentos ao negócio e, acima de tudo, gerando com frequência conteúdos que interessem ao seu público. Ou seja: traga para ele conteúdo de qualidade.

O conteúdo, na era da informação, é o que transforma a imagem de uma empresa, fortalecendo-a, frente ao mercado – e à concorrência. Mas fique atento à sua produção!

Cuidados em relação à produção de conteúdo

O passo essencial na criação de um conteúdo organizado, em fluxo constante, e que conserve um padrão que seja interessante para construir a imagem e a atmosfera adequada para uma marca é, sem dúvidas, o planejamento criterioso.

Primeiramente, o que deve ser feito é uma delimitação de canais, para, em seguida, se estabelecer quais são os tipos de conteúdo que serão aplicados naquele contexto. Além disso, fique atento à frequência das postagens e ao objetivo central de cada conteúdo liberado, como o aumento de conversão, que é o que interessa. Receber links de diversos canais e ter conteúdo frequente é um bom passo para melhorar o seu ranqueamento nas buscas.

Ok, quero começar. E agora?

Dando início à produção de conteúdo

Com um planejamento bem-feito, o trabalho, em si, pode ter início. Então, com cronogramas previamente estabelecidos, o conteúdo deverá ser publicado para que fique totalmente com foco no cliente. É essa construção que poderá, enfim, chamar a atenção da audiência, que irá comprar de você; inclusive, essa é uma das ideias básicas do famoso “funil de vendas” – uma simbologia que traz em termos concretos o caminho que os clientes fazem até que ocorra a conversão – se as vendas não ocorrem, certamente é porque o planejamento não foi bem-feito. Se isso ocorrer, a falha deve ser avaliada, analisada e corrigida, para que o projeto entre nos trilhos.

– Produção de conteúdo específico para cada estágio do funil de vendas

Um fator importante nesse processo de comunicação é a especificidade do conteúdo, que precisa ser direcionado a cada estágio de venda para que o processo de motivação à compra, a cada nova etapa, seja potencializado. É o primeiro contato do cliente? Como você pensa no conteúdo para ele? Ele entrou, mas não comprou? O que você pode fazer para gerar conversão? Cada momento do usuário merece conteúdos específicos.

– Produção de conteúdo é trabalho contínuo

É importante destacar que, não é porque a pessoa deixou o e-mail no seu site ou se inscreveu na newsletter que, necessariamente, irá consumir naquele momento. A compra pode ocorrer pelas mais variadas razões, inclusive por lembrança de marca – resultado da sua estratégia de conteúdo.

Lembre-se que o importante é aumentar os pontos de contato da sua empresa com o cliente, fazendo do conteúdo algo contínuo. Assim, a lista de e-mails pode ser constantemente refinada e, consequentemente, as vendas possam ser maximizadas. Lembre-se que a meta de conversões deve circular em torno dos 3%.

– Produção de conteúdo como ímãs de clientes

Ações em mídias sociais e conteúdos em geral são os elementos que realmente chamam o público ao seu site, engajando-o na relação com a marca. O conteúdo ajudará, ainda, a nortear a sua relação com o cliente, através da oferta de materiais gratuitos que podem identificar quais são os seus maiores interesses. Com esses dados reunidos, pode-se criar um conteúdo que faça mais sentido para aquele perfil de cliente.

Melhorando vendas por meio da produção de conteúdo

Há um conjunto de ações, relacionadas à produção de conteúdo web que podem facilitar o processo de crescimento de vendas. Evidentemente, tudo dependerá de qual o objetivo do empreendimento. Dentro da proposta contextualizada, o cliente pode ter desde a assinatura de uma newsletter com as últimas informações da marca; um e-mail isolado; um formulário preenchido; o pedido de orçamento; realização de compra etc.

A oferta, seja de descontos ou outros benefícios, podem alavancar as conversões de sua empresa. Caso você se relacione com sua lista de leads, é possível optar por uma sequência de materiais gratuitos, fazendo com que as pessoas envolvidas comecem a se importar com sua marca. Essa será a primeira vitória do conteúdo, que é quando a marca “cola” no subconsciente do consumidor. Daí, até a venda, é uma estrada não muito longa. E que você, com o auxílio de nossas dicas, conseguirá atingir em um curto espaço de tempo. Para isso, basta apenas produzir o melhor conteúdo que conseguir. Bom trabalho!

 

4 comentários para “Princípios de Marketing de Conteúdo para SEO

  1. Excelente postagem, novamente. Acompanho o blog de vocês e sempre que posso passo as informações para meus clientes. Vocês são 10!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SP São Paulo (11) 2640-7284 Rua Manuel da Nóbrega, 456 conj. 65 - Paraíso - São Paulo - SP
RJ Rio de Janeiro (21) 4126-1965 Tv. Domingos Candido Peixoto, 501 / casa 1 - Icaraí - Niterói - RJ