Pedido de Reconsideração do Google: Como Fazer

Pedido de Reconsideração do Google: Como Fazer

2 Comentários »

Após identificar que seu site sofreu uma punição do Google, o próximo passo é identificar porque isso aconteceu.

Você fez algum BlackHat? Escondeu palavras-chave dentro da página, mas botando da mesma cor do fundo pra ela ficar “invisível”? Nada disso é bem visto pelo Google, e consequentemente, ele vai punir se identificar alguma prática que esteja fora das suas Diretrizes de Qualidade. Corrija seus erros o mais rápido possível!

Depois disso, chega o momento de você reconhecer seus erros perante o Google e fazer o pedido de reconsideração, para que ele volte a incluir seu site no índice e retirá-lo da lista negra. O Google é um bom pai que sabe perdoar quem reconhece e corrige seus erros, então abaixa a cabeça e vai em frente!

Pedido de Reconsideração do Google: Como Fazer

O local para fazer o pedido é dentro das Ferramentas para Webmaster:

https://www.google.com/webmasters/tools/reconsideration?hl=pt-BR

Lembrando que é necessário que seu site esteja adicionado nas Ferramentas e verificado. Veja como adicionar um site nesta página.

O processo para a reconsideração

Antes de tudo, é necessário que você passe por três etapas antes de fazer o pedido:

  1. Identificar que seu site sofreu uma punição.
  2. Corrigir o que estava contra as Diretrizes do Google.
  3. Escrever o pedido de reconsideração.

O que escrever no pedido

Chegamos ao momento crítico. É aqui que você vai ter que escrever o problema identificado e corrigido, indicando especificamente quais as ações que você acha que causaram penalidades, e o mais importante: o que foi feito para reverter essa situação.

Se escondeu conteúdo na página, apague-os. Se direcionava o usuário diretamente para outro site, as famosas doorway pages, configure-a normalmente. Se comprou links, retire-os. Caso alguns links não estejam sob seu domínio, indique quais são eles.

Aproveite a oportunidade, faça uma faxina e corrija todos os erros de uma vez só, porque senão o Google vai achar e depois lhe dará outra punição. E uma só já basta para atrapalhar bastante.

Então aqui vão mais dicas:

  • Mais importante: seja claro e breve. São pessoas de verdade que irão ler, então um pedido bem escrito vai ajudar na resolução.
  • Seja humilde, admita que errou e que não vai repetir isso.
  • Explique qual foi o problema identificado por você, e o que fez para resolvê-lo.
  • Se tentou consertar tudo, mas não conseguiu, mostre que teve a intenção de corrigir de todas as formas que pôde.
  • Seja franco. O Google afirma que vai desconsiderar pedidos que tenham intencionalmente informações conflitantes para tentar causar confusão.

Assista nesse vídeo as dicas da própria equipe do Google. Está em inglês, mas tem uma opção de legendas e tradução que simplifica bastante pra quem não tem inglês muito bom:

Depois de Enviar

Logo depois que você enviar, vai receber uma resposta de confirmação de recebimento. Antes, todo mundo ficava nervoso por não saber se o pedido tinha sido enviado corretamente ou não. Isso é bem eficiente para acalmar o responsável pelo site e diminuir um pouco sua ansiedade.

O tempo de resposta pode variar muito, geralmente algumas semanas, mas nunca vimos resposta em poucos dias. Ou seja, isso vai demorar um pouco mais do que estamos acostumados com a velocidade normal da web.

A resposta do Google nunca vai ser muito clara, explicando exatamente o que foi analisado e qual a punição. Existem dois tipos de resposta:

    1. A penalização foi retirada

Se você recebeu essa resposta, a ferramenta de busca reconheceu que você foi franco e corrigiu seus erros, e que seu site está de acordo com as práticas que estão nas Diretrizes de Qualidade.

    1. A penalização não foi retirada

Como disse, ele não especificará o que falta fazer. Só indica que ainda tem no mínimo um fator que está mantendo a punição ativa.

Ainda existem erros?

Essa falta de clareza do Google é uma das grandes reclamações dos webmasters ao redor do mundo, pois não dá nenhuma informação para quem realmente quer corrigir todos os problemas do site.

Um dos motivos seria que, dessa forma, os donos de sites iriam corrigir todos os problemas de uma vez e retirar qualquer prática de black hat que possa estar fazendo.

Sabendo disso, é importante então que você fique ligado em todas as possíveis causas de punição para poder corrigí-las.

Se você ainda não sabe o que pode estar errado, veja possíveis motivos da punição do seu site.

E você, já precisou fazer um pedido desse?

__________________

Se você gostou do nosso blog, assine o RSS ou então receba os posts por e-mail.

TAGS

2 comentários para “Pedido de Reconsideração do Google: Como Fazer

  1. Graças a deus ainda não precisei fazer este processo pois nunca recebi punição.

    Mas como saber se você esta sendo punido ? tem algum site ou link especifico do Google para saber se você foi ou não punido ?

    1. Olá, Jefferson! Em caso de punição manual, pelo webmaster tools você é informado. Em caso de punição algorítmica, você vai perceber pela queda nos acessos, e vai ter que fazer uma análise mais profunda, visando descobrir a data em que foi afetado e por qual atualização, além de quais ações devem ser adotadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SP São Paulo (11) 2640-7284 Rua Manuel da Nóbrega, 456 conj. 65 - Paraíso - São Paulo - SP
RJ Rio de Janeiro (21) 4126-1965 Tv. Domingos Candido Peixoto, 501 / casa 1 - Icaraí - Niterói - RJ