Google: “Facebook e Twitter são tratados como qualquer outra página”

Google: “Facebook e Twitter são tratados como qualquer outra página”

2 Comentários »

Criar uma página no Facebook e no Twitter traz mais relevância para uma marca em termos de SEO, mas não da maneira que muitos pensavam.  Na última semana o chefe de equipe anti-spam do mecanismo de busca, Matt Cutts, fez um vídeo explicando que “ambas as páginas são vistas pela empresa como qualquer outra que existe na WEB“. Ele destaca que o fato de algumas páginas do Facebook estarem bem ranqueada não se deve ao fato de ter muitas curtidas ou grande engajamento:

“Isso é uma consequência, e não uma causa. Se há uma página do Facebook bem ranqueada, provavelmente é pelo fato de haver algo muito extraordinário e, por isso, muitas pessoas decidiram linkar”

Apesar da informação que Matt Cutts trouxe através do vídeo, que você pode conferir acima, ele reconhece que ter perfis nessas redes sociais é muito importante para o desenvolvimento das marcas:

“Eu acho que ter um Twitter e um Facebook é uma excelente forma de conduzir visitantes e tráfego para o seu site. Ambos são uma excelente maneira de você construir sua marca, mas você não deve criar esses perfis apenas pensando se o Google vai olhar para eles ou não”

O que Matt Cutts quis dizer sobre a importância de se criar um perfil nessas redes independente do retorno em termos de SEO, é que tanto o Facebook quanto o Twitter são ferramentas que devem ser pensadas para fazer com que a marca se aproxime mais dos seus fãs onde possa conseguir tráfego para os seus respectivos sites e oferecer a chance dos consumidores terem um espaço livre para interagir com a marca.

Estudo já havia revelado o nível de relevância

As palavras de Matt Cutts vieram para confirmar o que o estudo da Stone Temple Consulting, realizado em dezembro do ano passado, mostrou sobre a relevância dessas redes sociais em termos de SEO .

O estudo diz que o número de “likes” que uma determinada página recebe não tem nenhum impacto no posicionamento da página. Além disso, eles alegam que se a intenção de ter uma marca nas redes sociais é justamente um melhor ranqueamento, o Google+ é a melhor opção.

Segundo o Stone Temple Consulting, a rede social da Google faz com que a indexação de conteúdos seja feita mais frequente e de forma mais rápida em relação as outras redes sociais.

2 comentários para “Google: “Facebook e Twitter são tratados como qualquer outra página”

  1. O que eu vejo muito são empresas criando páginas no facebook para substituir a página tradicional, isso é um tiro no pé. As redes sociais tem o objetivo de atrair o publico para os sites. Eu penso dessa forma.

    1. Saint Clair, concordo com você. O site é a base de uma empresa na web. As demais redes sociais devem ser tratadas como canais para levar acesso ao site para efetuar a conversão desejada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SP São Paulo (11) 2640-7284 Rua Manuel da Nóbrega, 456 conj. 65 - Paraíso - São Paulo - SP
RJ Rio de Janeiro (21) 4126-1965 Tv. Domingos Candido Peixoto, 501 / casa 1 - Icaraí - Niterói - RJ