Expedia perde visibilidade no Google por possíveis links não naturais

Expedia perde visibilidade no Google por possíveis links não naturais

2 Comentários »

Links não naturais não são bem vistos pelo Google, e a Expedia é mais uma empresa a descobrir isto na prática. Segundo informações do site norte-americano Search Metrics, o maior site de viagens do mundo perdeu 25% da sua visibilidade devido a conteúdos com links não naturais.

O site constatou que das 18 principais palavras-chave que o Expedia trabalha, todas sofreram queda de relevância. Algumas mais e outras menos, como voos (-2%) e hotéis (-27%), mas no total foram observadas quedas de até 96% de relevância, como na palavra-chave “carros”. Confira na imagem abaixo todos os percentuais de queda:

Expedia perde visibilidade no Google por possíveis links não naturais
Clique na imagem para ampliá-la

Ainda não há certeza se a empresa faz parte de esquema de links ou se tudo é feito de forma manual, assim como ainda não é de conhecimento da Google se esta estratégia para estar bem ranqueado partiu do próprio site ou então de uma empresa externa de SEO.

O Google comentou o caso afirmando  que se for comprovado que o Expedia faz parte de esquemas de links, ela vai entrar para a lista das grandes empresas cujos sites foram penalizados por links não naturais.

2 comentários para “Expedia perde visibilidade no Google por possíveis links não naturais

  1. Não foi uma clássica penalização do Penguin 2 mas sim uma penalização manual. O maior problema da Expedia foram os variados WordPress Travel Themes que eles lançaram gratuitamente com footer link para eles. Isso é uma técnica Black Hat de muito tempo atrás mas tem dado certo para eles durante anos até agora. Eles já devem ter começado “limpar” os maus links e como isso deve tirar uma grande porcentagem de todos os links que eles tem, não vão voltar às antigas posições quando a penalização for removida.

  2. O Google está cada vez mais esperto. De fato o uso de links em gadgets, templates e afins pode resultar em problemas. Eu imagino que para o Google pegar a quantidade de links originados em pouco tempo deve ser grande. Eu trabalho com SEO e Google Marketing e sempre temos que tomar cuidados com backlinks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SP São Paulo (11) 2640-7284 Rua Manuel da Nóbrega, 456 conj. 65 - Paraíso - São Paulo - SP
RJ Rio de Janeiro (21) 4126-1965 Tv. Domingos Candido Peixoto, 501 / casa 1 - Icaraí - Niterói - RJ