5 relatórios do Google Analytics que dizem onde o seu site está perdendo dinheiro

5 relatórios do Google Analytics que dizem onde o seu site está perdendo dinheiro

15 Comentários »

O primeiro passo para entender os motivos do seu site estar perdendo dinheiro é identificar a origem do problema. Isso significa, em suma, detectar quais etapas ou páginas específicas estão provocando o prejuízo. Mas, como fazer isso? O Google Analytics pode te ajudar:

1) Visualização do Funil

Se o site possui um funil — páginas em uma ordem hierárquica de conversão em vendas — é preciso iniciar a análise por meio desse relatório. Isso porque ele irá dizer qual a porcentagem de tráfego está “vazando” em cada momento do funil.

Usemos o exemplo de um site que possui a homepage como primeira etapa do funil, com taxa de conversão para a próxima etapa do funil de apenas 3%. Fica claro onde está a maior parte do vazamento.

Seguindo ainda esse exemplo, podemos ter uma homepage que funciona muito bem — faz a oferta específica e relaciona o preço — mas 97% do tráfego é: irrelevante; não tem interesse na oferta; ou não tem poder aquisitivo suficiente. Ou seja, o problema não está na etapa do funil em si, mas em fatores externos a ele.

Portanto, permaneça atento ao conjunto de dados gerado pelo relatório antes de decidir em qual etapa é preciso fazer a otimização.

2) Conversão por Navegador

É possível que a perda de dinheiro do seu site esteja vindo, em parte, da incompatibilidade com os navegadores.

Para descobrir, basta analisar suas taxas de conversão por navegador (e suas respectivas versões).

Um detalhe importante: você precisa analisar os relatórios separadamente entre dispositivos; apenas desktopmobile ou tablet. É muito importante que seja feito um-a-um.

Vamos supor que em um determinado relatório, tenham sido coletados os seguintes dados: Internet Explorer 11.0 converte em 7,24% enquanto a versão 8.0 é de 4,65% e a 9.0 é de 6,4%.

Vejamos: 7,24% versus 4,65% é uma diferença tão significativa que não pode ser advinda apenas de um comportamento navegacional ou tráfego de internautas. Conclui-se, portanto, que há “bugs” na compatibilidade do navegador com o seu site.

Nota: ignore qualquer relatório que possua menos de 100 conversões por versão do navegador. Se o seu site possui baixo volume de tráfego, utilize um maior intervalo de tempo para fazer a análise.

3) Conversão por Dispositivo

Embora seja semelhante ao item anterior, essa análise irá verificar isoladamente as conversões por dispositivo.

Podem ocorrer, por exemplo, dificuldades de carregamento do seu site em aparelhos como Samsung Galaxy ou Nexus 4.

O que você deve considerar é a discrepância — caso haja! — das taxas de conversão entre aparelhos móveis. De um modo geral, os celulares, tablets e smartphones devem converter de forma semelhante aos desktops (no máximo 10% a menos).

Observe o volume total de tráfego móvel em seu site para ter uma visão geral da audiência. Se as suas conversões em dispositivos mobile não estiverem nem perto dos resultados de computadores convencionais, você, com certeza, está perdendo dinheiro.

Evidentemente, os resultados desse relatório podem variar de acordo com o que você vende. Além disso, já foi comprovado que até 90% dos usuários alternam de aparelhos para fechar uma compra. Assim, há uma grande probabilidade de que seus clientes estejam visitando seu site de um dispositivo móvel e, em seguida, finalizando a transação de um desktop.

4) Alto Tráfego & Alto Bounce / Taxa de Saída

Você trabalha duro para direcionar o tráfego do seu site, mas não sabe para onde ele está indo e que páginas o paralisam.

Para descobrir é preciso clicar em:  Comportamento -> Conteúdo do Site -> Todas as Páginas

Agora olhe para as 25, 50 ou 100 páginas de maior tráfego do seu site. Qual delas faz com que os usuários saiam? Troque para o botão “comparação” e compare a taxa de bounce, como também a taxa de saída. 

Essa é uma ótima dica para identificar as páginas que estão com baixo desempenho. Compare as páginas com melhor e pior desempenho e saiba qual delas está provocando perda de dinheiro.

5) Alto Tráfego / Alto Bounce / Baixa Conversão de Landing Pages

Por fim, é preciso analisar as conversões resultantes de landing pages – afinal, o principal objetivo delas é aumentar o número de vendas ou contatos qualificados.

O segredo está em observar o volume do tráfego e relacioná-lo com a taxa de conversão. Descubra quais páginas com alto tráfego possuem retorno ruim. Ao identificá-las ficará mais fácil otimizá-las ou, alternativamente, tentar corrigir ou transferir o tráfego para uma landing page de desempenho superior.

Conclusão

Estar atento, portanto, aos relatórios do Analytics, te ajuda muito na hora de identificar o que precisa ser otimizado para que você não perca mais dinheiro. Avaliar a compatibilidade dos navegadores; o carregamento do seu site em dispositivos móveis; e as páginas com pior desempenho são algumas das primeiras dicas para você sair na frente na análise do seu site e na resolução de possíveis problemas.

 


Atualizado em 13/09/2018 às 16:08

15 comentários para “5 relatórios do Google Analytics que dizem onde o seu site está perdendo dinheiro

  1. ola quero parabenizar este blog que e de grande importancia para quem tem um blog ou site e precisa divulga-lo,eu quero aumentar o page rank do site, alguem pode me ajudar.

  2. É muito importante essas analises , leva tempo, é trabalhosas mas no final e recompensador obrigados pelas dicas e pelo site.

  3. Poxa excelente post esta me ajudando muito ,conheci esse blog hoje é já esta me ajudando muito estou melhorando muito os meus sites espero que em breve meu sites tenha um resultado novo no google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SP São Paulo (11) 3042-2224 Av. Paulista, 2202, 7o. Andar - Bela Vista São Paulo - SP, 01310-300
RJ Rio de Janeiro (21) 4126-1965 Travessa Domingos Candido Peixoto, 501, casa 1 Icaraí, Niterói-RJ