10 requisitos SEO para uma plataforma de e-commerce

10 requisitos SEO para uma plataforma de e-commerce

6 Comentários »

Quais recursos de SEO você deve procurar e entender antes da escolha de uma plataforma para sua loja virtual? A maioria das plataformas de e-commerce apresentam-se como “amigáveis” às estratégias de SEO, porém não possuem vários recursos importantes. Se você está escolhendo algum tipo de plataforma de e-commerce, compare a partir destes 10 requisitos. Eles são essenciais para otimizar a sua loja virtual e trazer resultados positivos.

 

1- Controle dos Títulos das Páginas:

O título da página é provavelmente o elemento mais importante em termos de SEO. É fundamental que sua plataforma de e-commerce proporcione a possibilidade de alterar os títulos das páginas para adequá-las e otimizá-las para melhorar o ranqueamento do site. Fique atento, pois algumas plataformas permitem a alteração do título das páginas de produtos, mas não das categorias e marcas.

 

2- URLs “amigáveis”

Escolha uma plataforma na qual seja possível alterar as URLs dos produtos e das demais páginas e deixá-las visualmente atrativa para os clientes:

www.seusite.com.br/product.asp.%%code14p58 (URL ruim)

www.seusite.com.br/p/nome-do-produto (URL amigável)

 

3- Redirecionamento de URLs

Escolha uma plataforma que permita a você realizar redirecionamentos. Muitas vezes, páginas são deletadas quando produtos não são mais fabricados ou quando ocorrem alterações em nomes de categorias, produtos ou marcas. O redirecionamento permitirá a você desviar o fluxo de visitas e da relevância de páginas deletadas ou alteradas para outras URLs que ainda estão ativas.

 

4-Liberdade para categorização

A habilidade de criar e organizar bem as marcas e categorias do site de forma taxonômica vai melhorar a navegação em seu site e alavancar o seu SEO. Além disso, é essencial que as páginas de marcas e categorias tenham a liberdade de ser otimizadas com conteúdo (texto, imagens e vídeos), levando a um aumento no número de visitantes.

 

5- Meta Description

Procure uma plataforma que permita a edição de cada meta description individualmente, pois elas irão garantir o aumento de cliques nos resultados de busca.

 

6-Canonical

A inclusão da tag canonical correta indexa e ranqueia o conteúdo, que pode ser acessado a partir de diferentes URLs. Por exemplo, uma página de uma categoria com filtros diversos pode ser acessada a partir de várias URLs.

 

7- Estrutura amigável de navegação e pesquisa

Os usuários, sejam clientes ou o próprio Google, precisam de facilidade para navegar em sua loja virtual. Escolha uma plataforma que atenda aos seguintes requisitos:

1- Menus de navegação que possam ser editados individualmente.

2- Links de navegação primária com textos e não imagens.

3- Site que pode ser navegado sem Java ou Flash.

4- Manter o mínimo de links duplicados e inúteis.

 

8- Sitemap.xml

Possuir um sitemap.xml não melhorará o seu ranking nos sistemas de busca, porém ajudará o Google a localizar, rastrear e indexar novas páginas de maneira mais rápida. Além disso, uma plataforma de comércio eletrônico com geração automática de sitemap.xml facilitará a criação e a atualização do seu site.

 

9- Velocidade de carregamento

Plataformas rápidas são melhores para SEO e para usuários, além de aumentarem a taxa de visitas ao site. Priorize plataformas que utilizam cloud computing.

 

10- Google Analytics

Um dos requisitos mais importantes é que a plataforma suporte a configuração de e-commerce do Google Analytics. Isso irá permitir que você veja relatórios detalhados das vendas, do ticket médio e todas as métricas para saber como o seu e-commerce está vendendo.

Essas são as 10 características fundamentais que você precisa levar em consideração na hora de decidir sobre a plataforma do seu e-commerce. Mas fique ligado! Os próximos posts também serão bem úteis para otimizar a sua loja virtual, garantir boas taxas de conversão e aumentar o seu ranqueamento.  Até a próxima!

6 comentários para “10 requisitos SEO para uma plataforma de e-commerce

  1. O Magento se encaixa em todas esses requisitos, mais é preciso muito estudo na plataforma, pois a mesma é complexa e de difícil compreensão para iniciantes.

  2. Eu recomendo a Plataforma Prestashop para e-commerce. Ja uso ha alguns anos e é bem simples e nunca estudei programação, porem, aprendi mto com essa Plataforma.

  3. Sobre as URLs amigáveis existem algumas pessoas que afirmam que é melhor trabalhar sempre com uma barra “/” no final. É válida essa afirmação? Ou é apenas superstição?
    Obrigado!

  4. Excelente matéria, o maior problema é que 90% das plataformas para e-commerce ”alugadas” não possuem o redirecionamento301.

    Destaco também outras informações que acho super relevantes para SEO: Upload de arquivos de imagem com nomes otimizados, preenchimento dos atributos ALT e TITLE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SP São Paulo (11) 2640-7284 Rua Manuel da Nóbrega, 456 conj. 65 - Paraíso - São Paulo - SP
RJ Rio de Janeiro (21) 4126-1965 Tv. Domingos Candido Peixoto, 501 / casa 1 - Icaraí - Niterói - RJ